Estopim para saída de jogadores foi cobrança de Marcelinho Paraíba em discussão nos vestiários

Em transmissão realizada hoje (16/06) no facebook, no programa do Mirandinha Santos, Eduardo Moreno afirmou que realmente houve desentendimentos nos vestiários do Canindé.

Marcelinho Paraíba cobrou o elenco rubro-verde de ter mais raça, ser um time sem alma. Após esta discussão, a diretoria Lusa tentou amenizar os nervos do elenco com um almoço na churrascaria que fica ao lado do estádio da Lusa, o que não surtiu efeito.

Tarik, Bruno Xavier e Luizinho pediram para sair, a diretoria conseguiu convencer Luizinho de ficar, porém os dois meias rescindiram seus contratos, nos dias em sequência, foi a vez de Thiago Feltri e o Zagueiro Vinícius abandonarem o barco.

Nesta semana a diretoria deverá apresentar três reforços para repor os jogadores que deixaram o elenco rubro-verde.

Vinícius e Thiago Feltri pedem para sair e rescindem seus contratos

A Portuguesa vem sofrendo uma debandada dos jogadores no fim desta Série D, agora com Vinícius e Thiago Feltri. Após notícias sobre brigas nos vestiários do Canindé envolvendo Marcelinho Paraíba e sua trupe dentro do Canindé, Tarik e Bruno Xavier já haviam pedido para sair, os defensores Vinicius e Thiago Feltri abandonam o quase naufragado barco da Portuguesa.

Na noite desta segunda-feira (12/06), a Lusa anunciou que os jogadores rescindiram seus contratos junto à Portuguesa e não fazem parte mais do elenco. Ao que tudo indica, outros jogadores também vão ser desligados do elenco rubro-verde.

Vinícius, zagueiro, com 26 anos participou de 22 jogos e fez 2 gols pela Lusa. Thiago Feltri, lateral esquerdo, 31 anos, fez 23 partidas pela Lusa

Foto: Portuguesa – portuguesa.com.br