Portuguesa vence, garante vaga na elite, mas espera por tapetão

Fonte: Band

Foto: Site Oficial da Portuguesa

A Portuguesa venceu nesta terça-feira, no estádio do Canindé, o Tiradentes-PI por 3 a 1 pela semifinal do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino da Série A2. Com o resultado, a Lusa garantiu vaga na final e o acesso para a elite do futebol, mas ainda terá que esperar a decisão da Justiça Desportiva para assegurar seu lugar.

Isso porque, na partida de ida, em Teresina, e que o Tiradentes venceu por 1 a 0, a Lusa foi denunciada pelo presidente da Comissão de Arbitragem do Piauí, José Steifel, com base na súmula do árbitro Djalma Alves de Lima Filho, que relatou a presença em campo da atleta Thalita Araújo Soares, que não constava na relação de atletas.

“Após o término da partida, ao confeccionar a súmula do jogo, foi observado que a atleta de número 14, senhora Thalita Araújo Soares, da Associação Portuguesa de Desportos, participou da partida sem que constasse na relação de atletas. Informo ainda que a atleta permaneceu até o término da partida, conforme boletim de atletas e a papeleta de substituição entregue e assinado pela equipe, que efetivamente comprova que a referida jogadora participou da partida”, escreveu o juiz na súmula.

Foto: Site Oficial da Portuguesa

Na partida de volta a Lusa fez valer seu mando de campo, onde já tinha vencido todas as quatro partidas disputadas ali até agora e ainda fez o Tiradentes sofrer sua primeira derrota na competição, já que o time vinha de cinco vitórias e três empates.

A vitória, no entanto, não veio de maneira fácil. No primeiro tempo, quando o jogo ainda estava 0 a 0, o Tiradentes teve uma cobrança de pênalti a seu favor. Bel foi para a cobrança e acabou isolando a bola.

No segundo tempo a Lusa veio como um rolo compressor. Aos dois minutos já tinha carimbado o travessão da goleira do Tiradentes e abriu o placar aos 16 minutos com Letícia, fazendo de cabeça após cobrança de escanteio.

Na sequência, a Pòrtuguesa marcou mais duas vezes em sete minutos. E as duas vezes com Lucélia. A atacante fez primeiro aos 20 em outra cabeçada, e depois aos 23 e chute forte.

Foto: Site Oficial da Portuguesa

O Tiradentes só diminuiu aos 43 minutos com Alice, e tentou fazer uma pressão nos minutos finais em busca do empate, mas não conseguiu. Com o apito final, as jogadoras da Lusa fizeram muita festa. Resta agora saber se ela será validada.

Comentários

Fonte: Band